Suplemento alimentar: Quem precisa dele e quando devem tomar?

Spread the love

Tomar suplementos alimentares tornou-se comum para complementar nossa dieta quando há uma falta. Quando o nosso organismo não recebe a dose necessária de um ou mais nutrientes para o seu bom funcionamento, os suplementos alimentares podem ajudar-nos a recuperar esse equilíbrio.

 

Mas, é tão importante escolher o produto adaptando-se às necessidades de cada um como saber quando e como aproveitá-lo para aproveitar ao máximo suas qualidades e benefícios sem interferências que possam minimizar seu efeito.

 

Quem deve tomar suplementos alimentares?

 

Os suplementos alimentares são indicados a pessoas com deficiências nutricionais que precisam ser reparadas em grandes quantidades, além disso, há os praticantes de exercícios físicos que fazem uso desses complementos para manter e proporcionar os níveis de nutrientes que organismo necessita.

 

Existem suplementos simples, como os usados para unhas e cabelos, que não possuem contra indicações. Mas, a variedade de suplementos e suas indicações são extensas no mercado.

 

Para identificar qual o suplemento necessário e como incluí-lo em uma dieta é necessário ajuda de um profissional médico ou nutricionista.

 

 

Quando devemos tomar suplementos e quais os cuidados necessários?

 

Como mencionado anteriormente, os suplementos devem ser tomados quando há déficits nutricionais ou na indicação pela prática de exercícios e até mesmo algumas doenças, como exemplo, anemias.

 

Tenha em mente que um suplemento alimentar é um certo nutriente em uma quantidade concentrada, portanto, em muitos casos, será aconselhável distribuir as dosagens ao longo do dia para que o organismo receba um suprimento constante desse nutriente e possa absorvê-lo melhor.

 

Quando nós aliviamos uma deficiência nutricional pela ingestão de um suplemento, devemos entender que não é suficiente tomar o suplemento em si, mas temos que fazer um esforço de nossa parte e adaptar nossos hábitos e nosso estilo de vida para que seus resultados de ingestão sejam mais eficazes. 

 

Em qualquer caso, você deve sempre prestar atenção às orientações e indicações recomendadas pelo fabricante quanto ao seu consumo na embalagem e segui-las fielmente. E, acima de tudo, tenha sempre em mente que um suplemento alimentar não substitui, mas complementa uma dieta saudável, rica, variada e equilibrada. Ou seja, a melhor maneira de garantir que nosso corpo receba todos os nutrientes necessários é fornecer a eles uma dieta variada e balanceada.

 

Da mesma forma, é importante considerar como podemos combinar alimentos com suplementos em nossa dieta para obter o máximo de benefícios (por exemplo, a combinação de legumes e cereais fornece uma proteína de alto valor biológico, quando unidos aos suplementos seus efeitos são maiores). 

Vamos ver exemplos práticos de como maximizar o efeito de um suplemento alimentar

 

 

Ferro

 

Se tomarmos ferro, é recomendável que mantemos nossa ingestão de alimentos com vitamina C ou mesmo tomemos como suplemento, já que está provado que essa vitamina nos ajuda a assimilar o ferro muito melhor. 

 

Há também alimentos com substâncias que inibem a absorção de ferro, como a cafeína presente no café, chá preto, refrigerantes de cola, chocolate, leite, algumas nozes, por isso é aconselhável reduzir o consumo e fazê-lo depois de uma hora da ingestão do complemento de ferro.

 

Cálcio

 

Se tivermos um déficit de cálcio e tomando um suplemento para compensá-lo, também devemos manter bons níveis de vitamina A, magnésio, fósforo e boro , porque esses elementos ajudam a metabolizar melhor o cálcio na formação de ossos e dentes.

 

Ácidos graxos essenciais

Se consumirmos ácidos graxos essenciais (óleo de linhaça, germe de trigo, óleo de coco e etc …) juntamente com vitamina E , evitaremos o rápido processo de oxidação destes.

 

Vitamina A e B

 

Se tomarmos vitamina A e suplementar com vitaminas C e E, sua eficácia terapêutica será aumentada. Além disso, essas vitaminas reduzem o risco de tomar doses excessivas de vitamina A.

 

Ao compensar qualquer deficiência de um grupo de vitamina B , recomenda-se tomar um complemento de todo o complexo para evitar desequilíbrios.

 

Por outro lado, é importante saber qual é a hora do dia mais adequada para tomar cada suplemento para aproveitar ao máximo seus benefícios.

Aminoácidos

Os aminoácidos e a cartilagem de tubarão devem ser ingeridos fora das refeições, aproximadamente duas horas antes ou depois da refeição, para evitar a interferência nas proteínas dos alimentos. Um exemplo, é o suplemento Whey.

 

Os probióticos promovem a função de melhorar a absorção de nutrientes, se tomado antes de comer.

 

Fibras

 

As fibras que devem ser ingeridas meia hora antes das principais refeições ao lado de um copo grande de água para que ocorra seu efeito saciante e, como resultado, uma menor quantidade de alimento seja consumida.

 

Vitaminas Lipossolúveis

 

Existem algumas vitaminas conhecidas como lipossolúveis, como A, D, E e K , que para melhor assimilação é recomendado para consumir acompanhado de alimentos gordurosos (óleo de coco, azeite, amendoim, abacate …). No caso de tomar suplementos de vitamina D você deve tomar sol por pelo menos dez minutos por dia para garantir a assimilação adequada.

 

Vale lembrar que esses são alguns exemplos, só quem pode indicar se a pessoa deve ou não e como tomar suplementos alimentares é o profissional de saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *